Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

Projeto Aquifaz

Interações entre aquíferos fissurais e alivionares em zonas cristalinas semi-áridas e a evolução da pressão antrópica.

 

INTERESSE PELO ESTUDO:


Em áreas de cristalino semi-árido, os pequenos aqüíferos aluviais constituem-se em recursos hidrogeológicos limitados, mas importantes para a população rural devido a sua disponibilidade hídrica na época da seca, sua ampla distribuição geográfica e pela presença de solos aluviais férteis propícios à irrigação. No entanto, os estudos sobre a dinâmica e os padrões de uso sustentável das águas subterrâneas em pequenas áreas semi-áridas ainda são poucos.


Compreender a dinâmica destes pequenos aqüíferos aluviais e melhorar a gestão é uma tarefa muito importante de desenvolvimento sustentável em áreas rurais do semi-árido.


Na verdade, o comportamento de diferentes usuários dos recursos hídricos tem um impacto sobre a dinâmica hidrológica e na salinidade, o que justifica o acoplamento, neste projeto, de um enfoque "físico" com uma abordagem na área das ciências humanas e sociais. Há a necessidade do desenvolvimento de métodos e ferramentas para a caracterização e o monitoramento em várias escalas, devido à forte heterogeneidade dos ambientes físicos e humanos.

 

OBJETIVO GERAL:


Caracterizar e quantificar, para diferentes ambientes geológicos do semi-árido cristalino, os processos que determinam a dinâmica de salinidade dos aqüíferos aluviais e, em especial, as suas relações com o aqüífero fraturado (embasamento). Será dada especial atenção à avaliação do impacto dos diferentes modos de exploração dos recursos hídricos na dinâmica de salinidade.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:


• Geração de Conhecimento:


- Compreensão do complexo funcionamento hidroquímico e hidrológico de aqüíferos heterogêneos com pequena a grande capacidade de resposta à variabilidade sazonal;
- Desenvolvimento de ferramentas de simulação (modelos de previsão simples) para simular o impacto das operações e gestão;
- Definição de estratégias de gestão coletiva, tendo em conta as características físicas, econômicas e sócio-políticas.

 

• Desenvolvimento de métodos:


- Desenvolvimento de metodologias de acompanhamento e avaliação dos riscos associados à sobre-exploração, em curto prazo, dos recursos hídricos;
- Desenvolvimento de metodologias para estimar o potencial hídrico de pequenos aqüíferos aluviais em uma escala regional.
No âmbito regional e operacional, os resultados vão servir para reflexão da atual estratégia para o abastecimento de água em comunidades rurais do Estado do Ceará.

 

FINANCIAMENTO: FUNCEME/CNPq



LOCALIZAÇÃO:


Bacia hidrográfica do açude Banabuiú, com a rede de drenagem (em azul). As três áreas de estudo são as pequenas bacias vertentes do riacho Forquilha (em vermelho), do riacho Vista Alegre (em rosa) e um trecho de aqüífero no rio Pirabibu (em amarelo)

 

 



METODOLOGIA:


Uma abordagem multidisciplinar (ciências físicas e ciências sociais) será implementada a partir de trabalhos já realizados na bacia do açude Banabuiú, todos localizados no semi-árido e embasamento cristalino, e em diferentes escalas (local, em nível de aqüífero, e pequenas bacias hidrográficas).


Os estudos sociológicos a serem realizados na região devem incorporar uma dimensão comparativa entre os vários locais selecionados, e serão aplicadas em diferentes escalas (local, micro-bacia hidrográfica e município).

 

• Abordagem física:


- Acompanhamento dos níveis piezométricos e da condutividade elétrica dos diferentes recursos hídricos nas áreas de estudos (aqüíferos aluviais, aqüífero cristalino, armazenamentos superficiais dos açudes, e escoamento em rios);
- Caracterização geológica e geomórfico do meio
(análise estrutural e levantamentos geofísicos, em especial);
- Estudo e acompanhamento geoquímicos e composição isotópica
dos recursos hídricos;
- Modelagem conceitual do balanço hídrico e de massa
(sais);
- Monitoramento e caracterização da variação temporal dos recursos hídricos, e de seus usos, por sensoriamento remoto.



• Abordagem social:


- Caracterização dos principais tipos de usuários e dos determinantes sócio-econômicos das estratégias de gestão dos recursos hídricos.

• Integração entre as diferentes disciplinas (ciências físicas e ciências sociais):
- Se fará, em particular, através da realização de dois seminários interdisciplinares no âmbito do projeto (apresentação de resultados e métodos utilizados; reflexão comum sobre a próxima etapa).

 

RESULTADOS E IMPACTOS ESPERADOS:

 

Impactos técnico-científicos:



• Uma bolsa de Doutorado: sobre o estudo da participação e suas variações nas questões relacionadas com a gestão da água em zonas rurais, a partir de um estudo de caso: o município de Quixeramobim, Ceará, Brasil;


• Duas bolsas de Mestrado sobre:
1) A compreensão do complexo funcionamento hidroquímico e hidrológico de aqüíferos heterogêneos com pequena a alta capacidade de resposta à variabilidade sazonal;
2) Monitoramento e caracterização da variação temporal dos recursos hídricos e uso remoto.


Impactos sócio-econômicos:



• Os resultados servirão para reflexão da atual estratégia de abastecimento de água em comunidades rurais do Estado do Ceará, permitindo um melhor aproveitamento dos recursos hídricos aluviais, especialmente para a pequena agricultura irrigada e o abastecimento humano.

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
JANEIRO 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados