Funceme compartilha experiências locais no evento internacional Water Week, no Estados Unidos

1 de abril de 2019 # #

Esta será a 2º vez que o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, participa deste evento (FOTO; Sala de Imprensa Todos pela Água)

Esta será a 2º vez que o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, participa deste evento (FOTO; Sala de Imprensa Todos pela Água)

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), representada por seu presidente, Eduardo Sávio Martins, participa, entre os dias 2 e 4 deste mês de abril, da Water Week 2019, em Washington, nos Estados Unidos.

Na ocasião, o gestor irá compartilhar a experiência do órgão cearense no gerenciamento de risco de seca, seja em suas dimensões meteorológica, agrícola ou hidrológica, desenvolvimento contínuo de serviços relacionados à área hidro-meteorológica, e ainda abordará temas em torno da segurança hídrica e agricultura.

O evento, considerado o principal da Prática Global de Água do Banco Mundial, reunirá líderes inovadores para conectar o melhor conhecimento global para soluções dos desafios atuais.

“A nossa primeira participação foi em 2017, quando, naquela época falamos da experiência do Monitor de Secas, que é um projeto em que a Funceme era instituição central por muito tempo, passando para a Agência Nacional das Águas (ANA, pois a ideia era ter um único instrumento de monitoramento para o País. Hoje, o Monitor, além de abrigar estados do Nordeste, expandiu-se para Minas Gerais e prepara ampliação para o Espírito Santo”, comenta Martins.

Neste ano, o Water Week terá três pilares estratégicos: manutenção de recursos hídricos, prestação de serviços e fortalecimento de resiliência, além de conhecimento e experiência em todo o Grupo Banco Mundial, incluindo a International Finance Corporation (IFC) e Multilateral Investment Guarantee Agency (MIGA). Para este edição do evento internacional, Eduardo Sávio apresentará novidade sobre uma parceria que está sendo desenvolvida junto com um órgão japonês.

“Agora, em 2019, nós vamos falar um sobre uma nova iniciativa apoiada pelo Banco Mundial em que a Funceme e Centro Internacional de Gerenciamento de Risco e Risco de Água (ICHARM, em inglês) estão trabalhando no desenvolvimento de uma ferramenta voltada para a agricultura de sequeiro e irrigada. A ideia é ter um monitoramento da produção e também uma ferramenta de predição desta produção”, explica o presidente da instituição.

O Water Week é uma oportunidade para a troca de experiências entre gestores e pesquisadores de vários países, além de soluções já desenvolvidas por empresas de outros continentes na área dos recursos hídricos.

“Aqui [no evento] nós temos soluções inovadoras para detecção de vazamentos em redes de distribuição, melhoria da eficiência do tratamento e de água , além de uma série de outras questões. Estamos nos confrontando com experiências que vêm sendo aplicadas em condições diversas é muito bom ver condições diferentes para o mesmo problema’, finaliza Martins.