Funceme discute projetos com instituições de pesquisa em Paris e Montpelier, na França

10 de outubro de 2019 # # # #

Eduardo Sávio preppara novas reuniões com instituições europeias ainda este ano (FOTO: Juliana Lima)

Eduardo Sávio preppara novas reuniões com instituições europeias ainda este ano (FOTO: Juliana Lima)

O presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e  Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Martins, participou, no mês de setembro, de uma série de reuniões em institutos de pesquisa da França com objetivo de reforçar acordos de cooperação em vigência e ainda discutir projetos e eventos futuros entre o órgão cearense e os europeus.

Nas cidades de Paris e Montpelier, o gestor da Funceme esteve com profissionais  da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), do Instituto Francês de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD) e do Centro Francês de Pesquisa Agrícola para o Desenvolvimento Internacional (Cirad). Na ocasião, os pesquisadores apresentaram estudos em andamento nas áreas de meio ambiente, recursos hídricos, meteorologia e observatórios territoriais. Com a AFD foi tratada uma demanda do Secretário Élcio Batista junto ao Fundo Francês para o Ambiente Global para ações de reflorestamento.

No CIRAD foi discutida a ampliação da cooperação existente, envolvendo outras unidades vinculadas ao centro, como a UMR TETIS – grupo que desenvolve pesquisas agroambientais e gestão sustentável dos territórios – e o G-Eau – grupo que trata de questões ligadas à água, seus atores e seus usos, em particular o agrícola.

Ainda na França, o presidente da Funceme teve acesso às pesquisas relacionadas ao mapeamento e caracterização de sistemas agrícolas e também sobre modelagem e simulação de dinâmica espacial.

“Tive excelentes reuniões com a AFD, representantes da direção do IRD e CIRAD, além dos pesquisadores de ambas instituições. Os encontros foram excelentes. Intensos e que valeram a dedicação, mas ainda temos o desejo aprofundarmos a cooperação em várias áreas a partir da captação conjunta de recursos junto a órgãos internacionais de fomento a pesquisas. Nos próximos meses, os encontros seguirão no Brasil”, resume Eduardo Martins.

Parceria

Atualmente, o órgão cearense realiza pesquisas em conjunto com os institutos franceses citados acima e ainda outras ações como parte do acordo de cooperação da Rede Franco-Brasileira pelo Desenvolvimento Sustentável no Semiárido do Nordeste (ReFBN), firmada com instituições de pesquisa e ensino do Nordeste como a Universidade Federal do Ceará (UFC), entre outras.

No mês de novembro, membros da ReFBN, incluindo pesquisadores do IRD e Cirad, participarão das atividades do evento “A resiliência dos sistemas socioambientais rurais semiáridos”. Este evento está contará com uma série de atividades ao longo de três semanas – 18 de novembro a 2 de dezembro deste ano -, sendo as duas primeiras semanas no Ceará e a terceira em Petrolina, no estado de Pernambuco.